Bem-Vindo

Proposta

Estudante de Produção Cultural que se mobiliza em prol de uma causa nobre: Estudar! Mas como todos sabemos estudar é um saco. É chato e difícil. Meu objetivo com esse blog é deixar o estudo mais fácil, menos trabalhoso e mais mecânico, talvez dessa forma todos nós possamos absorver conhecimento mais rápido e de uma forma melhor e sem dispensar essa massa cinzenta que você chama de cérebro. Sandubah, um sanduíche de informações. Hum... Tá servido?

Cadeia X Teia Alimentar

Convidado : Tiago Calixto.

Um tópico que foi cobrado nas minha últimas avaliações foi cadeia e teia alimentar e estudando com meus colegas percebi que alguns deles não conseguiam diferenciar ambos e por isso erraram questões relativamentes facéis. Para essa parte da ecologia eu uso uma analogia simples mas que funciona para mim, vou apresentá-la com a ajuda de imagens e com as definições de teia e cadeia alimentar, respectivamente.



Teia Alimentar
Temos uma teia alimentar quando uma ou mais espécies pertencem a mais de um nível trófico como podemos verificar na imgem ao lado, nela vemos que a águia pertence tanto ao nível de consumidor secundário tanto ao de terciário já que se alimenta tanto do rato quanto da cobra.
Sobre a analogia que eu disse que usava anteriormente, vejo uma teia como algo que se ramifica assim visualizo que uma teia apresenta uma ou mais espécies( não confundir espécie com indivíduo*) em mais de um nível trófico.

* espécie é o grupo de indivíduos com características semelhantes, já indivíduo é um dos seres pertencentes a este conjunto.




CADEIA ALIMENTAR

Temos uma cadeia alimentar quando apenas uma espécie pertence a cada nível trófico, como verificamos com a ajuda da imagem ao lado, nela temos que as algas fazem o papel de produtores, o girino tem o seu nível trófico definido como consumidor primário e a traíra como consumidor secundário. Usando de minhas analogias vejo a cadeia como algo fechado, como um presídio mesmo em que apenas uma pessoa habita cada cela deste local.









Bem assim termino meu estudo de Biologia, espero ter tirado dúvidas e ter ajudado em seus estudos, obrigado pela atenção .



ATÉ LÁ!!!!!! E ESTUDEM SEMPRE!!!!!

2 comentários:

Vynicius disse...

Boa noite a todos,...eu gostaria de uma explicação simples e rápida sobre difusão e osmose. Obrigado

Pedro Delou disse...

Difusão Simples x Osmose
As duas são uma forma de equilibrar concentrações, como tudo na natureza tende a se estabilizar.
Quando você peida o "cheiro" não fica só ao redor da sua bunda, ele se espalha fazendo com que todos no ambiente sintam o seu odor, quando você pinga uma gota de tinta vermelha num copo d'água, no imediato fica aquela gotinha no fundo do copo, mas daqui a um tempo a água toda estará avermelhada. Esses foram exemplos de difusão simples.
A osmose tem a mesma teoria, porém ocorre do meio hipotônico para meio hipertônico. Definição rápida: meio hipotônico -> pouco soluto; meio hipertônico -> muito soluto.
Na osmose o SOLVENTE vai para onde o meio está hipertônico.
Usando o exemplo de célula. Agora imagine essa célula com muita proteína em relação ao meio externo, a tendência é que o solvente do meio externo vá para o interior da célula para equilibrar a concentração (isotônico).
Osmose -> Solvente do hipotônico para hipertônico tornando o meio isotônico (se possível).

Isso cai na prova mas osmose, na realidade, não existe!

Postar um comentário